LIGUE AGORA
(62) 3241 - 4090

Nossas Redes Sociais

Fechadura eletrônica, elétrica e digital: qual a diferença entre elas?

A fechadura eletrônica é uma ferramenta inteligente e de alto nível de proteção em qualquer tipo de ambiente. Com este tipo de fechadura você nem precisa se preocupar em ficar trancado do lado de fora da casa e perdeu as chaves.

Esse tipo de fechadura é bastante utilizado tanto em residências quanto em empresas, para garantir o máximo de segurança.

Se você tem interesse no item, precisa conhecer um pouco sobre o produto, principalmente se você tem dúvidas sobre fechadura eletrônica, digital e elétrica. Será que são a mesma coisa? Vamos descobrir?

Fechadura eletrônica, elétrica e digital: existe diferença?

Bem, vamos explicar uma a uma para que você entenda direitinho sobre a relação (se houver) entre esses tipos de fechadura.

Fechadura elétrica

Em um primeiro momento, podemos confundir fechadura elétrica com eletrônica. Na verdade, são produtos diferentes, apesar de os nomes serem semelhantes.

A fechadura elétrica, como o próprio nome indica, está ligada à energia elétrica. Sua abertura depende de um controle (ou um botão). É, normalmente, aberta a distância, assim que o visitante se identifica.

É esse tio de fechadura que tem um som bem característico, quando acionada sua abertura. Quando você vai em algum prédio, por exemplo, e fala via interfone com o porteiro, se for autorizado, ele abrirá o portão para você. Isso é normalmente feito por meio do acionamento de uma fechadura elétrica.

Fechadura eletrônica e fechadura digital

Há diferença entre fechadura eletrônica e fechadura digital? Não! É apenas uma questão de nome. São praticamente sinônimos. Alguns locais você pode encontrar o termo “fechadura eletrônica” e, em outros, “fechadura digital”. Os produtos possuem as mesmas funcionalidades e benefícios.

Vantagens da fechadura eletrônica

Uma fechadura eletrônica, que dispensa o uso das tradicionais chaves e também das fechaduras mecânicas.

Mais prática, a fechadura eletrônica é uma ferramenta pela qual se pode abrir portas por meio de senhas, tag (ou chaveiro) de proximidade, aplicativo de celular ou autenticação biométrica.

Entre suas principais vantagens estão:

  • em caso de arrombamento, alguns modelos disponíveis no mercado emitem um sinal sonoro para informar se alguém está tentando entrar no ambiente. Esse alerta será acionado se a senha for errada após diversas tentativas;
  • fechamento automático: dessa forma, não há mais o problema de esquecer a porta aberta. O sistema possui um dispositivo que trava automaticamente assim que se bate à porta.

Dessa forma, o produto é indicado também para utilização em locais com alta rotatividade de pessoas, como vestiários de empresas, bibliotecas e academias, além de ser ótimo para a segurança de condomínios, por exemplo, onde a circulação de pessoas é frequente e os riscos de esquecimento de portas e portões abertos é maior.

Modelos de fechadura eletrônica

Há no mercado diferentes modelos de fechadura eletrônica. Alguns deles permitem que os usuários configurem dois ou mais sistemas de segurança ao mesmo tempo. Ou seja, é possível acionar biometria e senha, até achar o método mais adequado para o ambiente, por exemplo.

Veja os tipos:

  • por senha: a porta é destravada por meio de uma senha numérica. Para garantir a segurança e evitar que alguém descubra a senha, pode ser que os números da tela  mudem de ordem toda vez que a sequência for digitada;
  • por biometria: assim como diversos smartphones ou caixas eletrônicos no banco, o desbloqueio da porta é feito por meio da digital. Normalmente se pode também usar senhas;
  • por aplicativo: a gestão é feita por meio de um aplicativo no smartphone. Podem ser criadas chaves virtuais, com restrições de uso de acordo com o horário e o dia da semana desejados. Essas chaves virtuais podem ser enviadas a distância para outras pessoas;
  • por tag ou chaveiro de proximidade: as portas são destravadas com o auxílio de um acessório, chamado de tag ou chaveiro de proximidade. Ela deve ser aproximada a uma tela disponível na fechadura;
  • por cartão: este é um modelo bastante tradicional em hotéis, escritórios ou ambientes compartilhados com bastante fluxo de pessoas. A fechadura eletrônica é destravada quando um cartão magnético previamente configurado é aproximado ou inserido na fechadura, como os cartões de crédito nas maquininhas.

Esperamos que tenha gostado deste conteúdo.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Use o espaço dos comentários e vamos trocar uma ideia.

Se quiser falar com um de nossos profissionais, entre em contato conosco.

Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário

Posts recentes

Esta Gostando? Compartilhe

Busca

Pesquisar

Fique por dentro!

Seja avisado sempre que surgir conteúdo novo aqui na Chaveiro Bougainville

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza Chaveiro Bougainville a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.